Não desperdice sua tentação, extirpe-a!

Não desperdice sua tentação, extirpe-a!

Entramos no décimo primeiro mês do ano de 2020. Nem preciso dizer que esse atípico ano nos trouxe desafios em todas as áreas de nossa vida. As pessoas em geral estão sofrendo pressões que as obrigam a repensar seus padrões de hábitos. As mulheres cristãs não ficaram fora desses desafios e algumas emoções que antes estavam camufladas pelos dias apressados e recheados de atividades, que antes eram empurradas para debaixo do tapete da procrastinação, agora se manifestam de formas, por vezes, assombrosas.

Percebo que estamos com nossos afetos por demasiado aflorados e esse é um campo o qual é necessário vigiar sistematicamente para não afrontarmos ao Senhor, para não nos desentendermos com as pessoas ao nosso redor e, finalmente, para nós mesmas não entrarmos em colapso.

Você tem deixado seus afetos, sentimentos e emoções dominarem seus pensamentos, palavras e ações? É sempre bom lembrarmos que nem tudo o que sentimos é verdade. Nossos afetos assim como tudo em nós está corrompido pelo DNA do pecado original, após a Queda, estamos quebradas, e cada caco de nós tem um desejo diferente, brigam entre si, desacatam a Deus, têm conflito com os cacos dos próximos. Ufa! E, aqui entre nós, mulheres, somos suscetíveis a diferentes afetos ao longo do dia, alguns nos levam às alturas e nos fazem pensar que somos a “Mulher Maravilha”, super-master-blaster capazes de fazer 299 tarefas simultaneamente e por isso nossa agenda é cronometrada e ainda assim não dizemos NÃO a ninguém e tão pouco a uma atividade nova. Lá estamos nós novamente espremendo nossos horários para caber mais alguma coisa. Ula la la! Mas tem aquela parte do dia que nos faz despencar em mergulho livre, sem paraquedas, naquele poço de lama de pensamentos tenebrosos e vamos caindo, caindo, caindo e o fim nunca chega e vamos tentando nos agarrar nas paredes lamacentas do poço de nossas próprias estratégias mas a queda continua e… negritude, estamos lá naquele lugar tenebroso de nossa alma, imaginando que nunca mais sairemos dali e que ninguém olha pra nós e até que o Senhor se esqueceu de mim! E assim nossas emoções nos escravizam, chicoteiam e subjugam nossa alma.

Orando nas promessas: Livramento

Eu não ouso pedir ao Senhor algum tipo de regalia para mim, os meus cacos estão humilhados demais pelos acontecimentos desse ano, tenho meditado em: “Tendo o que comer e o que vestir, estejam contentes.” Mas, Senhor, é só isso? Mas e aquela viagenzinha de férias, ah eu estou precisando tanto relaxar.” “Ah, Senhor, e aquele…novo, melhor do que o que eu tenho?” Eu tenho orado com a Bíblia na mão, leio um verso, uma promessa, uma exortação e é assim que digo ao Senhor: “Eu não estou agindo assim, confesso que tenho dificuldade, me ajuda a fazer conforme a tua vontade para que eu te agrade.” Ou eu oro assim: “Senhor, aqui na tua palavra diz que não há tentação que eu não posso me esquivar, que o Senhor proverá juntamente com a tentação livramento de maneira que eu possa passar por elas sem te ofender, sem macular o meu relacionamento contigo, por favor, envia o livramento que necessito para essa situação.”

“Não vos sobreveio tentação que não fosse humana;mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças;pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento,de sorte que a possais suportar.” 1 Coríntios 10.13
Orar na palavra de Deus não nos dá margem para errarmos em nosso clamor, porque estamos orando na Verdade. Será que podemos perceber que estamos sendo chamadas à uma nova vida? Nossos afetos conturbados estão clamando por redenção, não poderemos continuar fingindo que não vemos certos pecados em nós.

“Atraí-os com cordas humanas, com laços de amor;fui para eles como quem alivia o jugo de sobre as suas queixadas e me inclinei para dar-lhes de comer.” Oseias 11:4

O Senhor vê o nosso coração

O rabo do dragão. Eu vi o rabo do dragão. Onde há rabo de dragão há dragão! Nosso coração oculta muitas coisas, por vezes nem nós mesmas percebemos os nossos pecados costumeiros, mas eles estão lá, porque não há uma pessoa que não os tenha, somos todas pecadoras e carecemos da graça de Deus. Mas nossos pecados se manifestam, se exteriorizam e muitas vezes o Senhor nos dá a oportunidade de conhecermos nossos pecados ocultos no coração através de eventos, pessoas que nos provocam à tentação de pecarmos. Perceba o pecado está em seu coração, a pessoa não tem culpa pelo seu pecado, ela apenas está sendo usada por Deus para “extrair” de seu coração o pecado que habita em você.

“Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça,quando esta o atrai e seduz.” Tiago 1:14

Em primeira instancia, Deus permitiu ou até mesmo, podemos dizer, que Deus decretou aquela situação para que você tenha a bendita oportunidade de tratar aquele pecado e caminhar em santificação. A frase do momento é: “não desperdice sua tentação, extirpe-a! Lute como uma guerreira, temos a promessa que não precisamos cair em tentação e pecar, que Deus juntamente com a tentação nos proverá livramento!

“Portanto, eis que eu a atrairei, e a levarei para o deserto,e lhe falarei ao coração.” Oseias 2:14

Ah, como é bom crer que a palavra de Deus é inerrante, é suficiente para nós!
Guarde seu coração na palavra de Deus e busque a santificação extirpando, pela graça generosa e bondade do Senhor a tentação que insistentemente quer te deixar embaraçada com os pecados.
Avante, ovelha, nosso Senhor é Deus Fiel!

Deixe seu comentário

Please enter your name.
Please enter comment.